quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma...

Gabriel,
meu filho querido, com quase 8 anos, tão tranquilo, tão companheiro, tão meu amigo...vieste para me ensinar a ser mãe e eu aprendo com você diariamente, e sabe filho; É tão bom ser sua mãe!!!!
A fase de menininho passou, as vezes ainda rolam umas birras, mais na verdade são superáveis.
Temos tantas coisas em comum, te amo tanto.
Mamãe tem se esforçado para ser mais firme com você e seu irmão, afinal são dois meninos e precisam de minha autoridade para não nos perdemos com o tempo. Porém, ainda tenho dificuldades com seus medos, não sei lidar bem com o seu medo de dormir sozinho, e acabo deixando que você permaneça dormindo comigo ou com o seu pai, pior é que isso está sendo ruim para todos nós.
Ruim para sua independência, por se sentir inseguro, também por tantas outras inseguranças que acarretam essa ''simples'' dormida na cama dos pais.
Ruim para nós, seus pais, que estamos inseguros e desconfortáveis nessa situação, assim como seu irmão que termina entrando nessa onda e compartilhando a cama também.
Acontece filhão, que mamãe precisa ser mais dura com você, encarar a Super Nany e ficar umas horinhas ao seu lado a noite enquanto você dorme e assim persistir até você se acostumar, aliás preciso fazer isso com vocês dois, afinal seu irmão está na mesma situação...rsrsrrs
Ando cansada, muito trabalho, muita correria, muitas incertezas na vida, porém a certeza maior é que PRECISO organizar nossas vidas, e nossas camas.
Bjs meu amor lindo.
Mamãe

sábado, 19 de maio de 2012

Sonhando com a festa de 02 anos do Gui.

E o aniversário do meu Gui está chegando... Em Agosto meu pequeno fará 02 anos.
Já fico imaginando e criando algumas coisinhas para comemorar essa data com nossos queridos. E esse ano o tema será Galinha Pintadinha, aliás desde o ano passado que esse tema é cogitado mais optamos para nos 02 anos pois ele curtiria mais...
Gui é um menino muito travesso, cheio de personalidade, um tanto rebelde, e tão amado. Nossa como esse moleque é amado...
Bem, mais voltando para a festa; Estava em dúvida se faria no salão de festas de meus pais ou em um salão de festas especializado, sabia apenas que queria um buffet diferente e a presença da galinha pintadinha cover.
E até hoje a votação está para ser realizada no meus pais, a galinha está confirmada, surpresa para todos, e as coisinhas estão sendo organizadas aos poucos, com carinho e sem pressa... Agosto ainda gente!!!!
Vou compartilhar umas imagens que me inspiram para festinha ok?
Não gosto do tom amarelo das toalhas, se fosse eu colocaria azul.


 Gosto dessas bolas de poá, lembram a galinha pintadinha... (já comprei para festa).
Gosto do efeito desses pirulitos na mesa...



Volto com mais idéias, e fotos das minhas aquisições para festa.

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Criative-se.

Quando o dia tá pesado e tantas energias ruins estão pairando no ar busco respirar fundo e ler coisas boas, do bem...
É assim que encontro um tempinho para acessar a internet e ler o blog Criative-se, adoro!
Desde as lindas postagens da Lúcia Laureano com suas mãos de fadas e mente brilhante com idéias de decorações tanto de festas ( lindas e inspiradoras por sinal) quanto de casa ( arquiteta de formação e bom gosto apurado), assim como adoro as fotos da Beta Bernardo, as lindas e profundas crônicas da Verônica... Ai, adoro!
Por isso queria deixar registrado este blog maravilhoso que adoroooo e faz tão bem...
Bjs

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Depois de um longo tempo...

Há muito tempo quero vir contar os últimos acontecimentos, mas a agitação diária é tanta que mal sobra tempo para os lazeres mais simples, como este que é escrever no blog.
A vida segue... com momentos tão bons como a evolução excelente da cirurgia de Gabriel, quanto com o falecimento de um tio tão querido!!!!
Por partes...
  • Entrei de férias junto a cirurgia de Gabriel e as férias dele escolares, e nesse mês de Dezembro e parte de Janeiro foram bem movimentados, recebemos amigos dele queridos, todos os dias tinha um aqui, e por muitas vezes foram mais que um, para meu desespero e encantamento. Pela primeira vez um amiguinho dormiu aqui em casa, e foi bom tanto para GAbriel quanto para nós que observamos como nosso guri cresceu.
  • Dia 26 de Janeiro o gesso foi removido e apesar do espanto em ver as cicatrizes e a perna tão fininha, houve uma melhora notória do pé, e seguimos em frente com esperanças... apesar do Dr° ter avaliado o quadro como alta nosso pequeno está com muito medo de andar, pôr o pé no chão, e está arrancando meus cabelos. Fisioterapia após o carnaval para ver se dá coragem ao moleque medroso!
  • Dia 28 de Janeiro foi o aniversário dele, 07 aninhos, e para comemorar fizemos no sábado mesmo um churrsaco e piscina com os amigos, fui buscar os guris e ficamos com 6 guris sozinhos, e foi muito bom!!!!!!!! Dia 06/02 foi a comemoração de aniversário na escola, tema escolhido: Beyblade!!!!
  • Guilherme está lindo, enorme, safado, elétrico por demais...
  • Aos 1 ano e 06 meses iniciou suas primeiras palavras, pelo menos as compreensíveis...rsrsrrs
  • Fala mamãe, papai, vovó, vovô, titio rafa, titia, aqui, me dá, emboura, chau, boura....
  • Ama dançar, e dança tão lindo, ama a Galinha Pintadinha, o Patati Patata, Balão Mágico, Cantigas de Roda....
  •  Ainda não dorme a noite toda, dá trabalho, acorda umas 3 vezes para tomar gagu ou simplesmente gritar, e grita mesmo.
  •  Tem preferências por pessoas e lugares, tão engraçado e tão forte essa caracteristica dele.
São tantas coisas a falar... vou me programar e escrever mais, pois me faz bem e registra os momentos de meus filhos.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Meus Lindos.

Um feriadão com meus pequenos, tempo para curtir as crias, a casa, minha vida...


quarta-feira, 26 de outubro de 2011

A difícil decisão.

Durante muito tempo relutei em não comentar sobre algo extremamente pesado para mim e todos da nossa família...Não gosto da idéia de expor demais meus filhos, mas ando tão amgustiada com a cirurgia de Gabriel que preciso desabafar, nem que seja aqui, nesse nosso cantinho, que me faz bem.
O motivo da cirurgia?
Bem, Durante os 09 meses de gravidez do Gabriel não tive nenhuma complicação, engravidei com 21 anos, saudável, pesava  49kg (vão entender depois a razão de colocar o peso), e tudo correu bem visto que descobri a gravidez com 3 meses e pouco. Engordei 9kg, estava bem, não entrei em trabalho de parto e com isso tivemos que induzir o parto já que o último dia para esperar naturalmente era dia 28/01/2005, 2 ultras que colocavam a data 31/1/2005, mas Dra não quis confiar já que eu estava muito cansada e o bebê não mexia bem, falta de espaço alegavam, dai que houve o internamento e fui colocada para induzir, isso de quase 10h da manhã e às 19:30h não sentia nada além de calor, estava muito vermelha, barriga dura e não tinha DOR, est não veio em nenhum momento, lembro de minha mãe perguntar; nada de dor minha filha?
E eu espantada dizendo que nada. Havia quase 6 cm de dilatação, bolsa não rompeu, então ao ascultar o bebê a Dra fala que ele estava entrando em sofrimento fetal, havia ali a indicação para cesariana na quela hora.
Lembro de implorar para tomar banho, estava muito suada, agoniada, e a Dra Falou para tomar banho morno e ir para bloco cirurgico enquanto preparava tudo...
Gabriel nasceu as 20:05h, com 3960g e 53 cm.
Chorou, manhou, ganhou beijinhos e me fez a mulher mais feliz do mundo naquela hora, naquele minuto.
No dia seguinte minha mãe  me falou que Gabriel nasceu com o pé muito roxo, estranho, que ao perguntar ao pediatra que acompanhou o parto, o mesmo falou que era normal, pois era um bebê muito grande, gordo e que minha barriga não foi suficiente para mantê-lo ''confortável'', que tinha articulação, e com algumas horas ficaria normal.
E como meu pequeno realmente era muito gordinho não dava para observar nenhuma anormalidade, e realmente a cor voltou ao normal.
Bem, quando Gabriel fez 1 ano começou a andar, quando estava com quase 2 anos comecei a observar que havia algo errado no pézinho dele, não achava igual ao outro, e debatia isso com o pediatra que me falava que era impressão, que meu filho não tinha nada, falava até que eu estava impressionada demais.
Até que na adaptação da escolinha a diretora me pergunta qual a deficiência que ele tinha, e eu; HÃ como assim?
Aquela mulher estava me perguntando se meu filho tinha deficiência? ela estava vendo o quê que ninguém via?
Sai de lá chateada, mas com uma pulga atrás da orelha, que só me deixou quieta quando cheguei em casa e liguei para um ortopedista, agendada a data fomos, raios x realizados e o primeiro diagnóstico: Nunca atendi esse tipo de patologia, vou lhge indicar para um colega e bla´blá blá...
Assim foram quase 8 médicos, nenhum dava um nome a patologia, nenhum explicava com clareza o que estava acontecendo, e Gabriel crescia, saudável, mais como de normal estava emagrecendo, e crescendo, dai a perninha mostrava uma deformidade no pé, já observado antes, uma leve diferença ao ser comparada com a perna direita, agora era visivel.
Doeu demais os questionamentos de amigos, familiares, as perguntas do tipo; o que ele tem? coitadinho, será que dói? quando crescer hein?
Não era daquilo que eu precisava, minha vida já havia dado uma volta tão grande com a gravidez , uma mudança radical com o nascimento dele e agora ter que encarar uma patologia com pessoas mais preocupadas em polemizar do que ajudar... foi dificil no inicio.
Hoje não há mais constrangimentos, sei dar respostas no tom que cada pergunta é feita, e assim aprendi a conviver.
Nessa história há um médico que apareceu em 2009, que não me sinto confortável para citar os acontecidos agora, mas este na época chegou a marcar cirurgia, para Setembro/2009, mas devido a uma crise de sindrome de ausencia que meu pequeno enfrentou, não foi operado, e não voltamos para esse médico.
Dai que em Setembro de 2011 nos indicaram Dr° Guilherme, esse nome já nos agradou, e fomos, confiantes, ortopedista especializado em pé, e assim estamos, confiança que dessa vez vamos permanecer firmes, embora meu coração esteja frágil, angustiado, normal para uma mãe que está prestes a ver seu bebê no auge dos 06 anos e 09 meses ser cirurgiado para fazer alongamento do tendão de aquiles e uma introdução de parafuso de titânio do pé para ajudar no crescimento e articulação da perna, cirurgia essa que está prevista para Dezembro deste ano, e tendo um agravante; Gabriel tem 2 planos de saúde, diga-se de passagem planos caros, mas que o Dr. Guilherme não aceita o mais antigo, e o mais recente não cobre cirurgia desse porte por Gabriel ter sido caracterizado na perícia com patologia na perna. Ou seja, plano 1 vai cobrir o hospital e vamos arcar com os honorários médicos particular, que não vou dizer quanto para ninguém chorar aqui, foi-se as economias, décimo terceiro, cotas na família, mas vamos confiante...
Essa semana pedi a Deus nas minhas orações que me desse uma luz caso fosse o caminho certo que estamos, e hoje recebi um papelzinho na rua, quando fui ler era uma mensagem linda...
E ai, percebi que Deus estava falando comigo, e ...

Continuarei amanhã... Gui acordou.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Um pouco de Gabriel...

Fico a cada dia mais apaixonada pelos meus filhos, mas dessa vez vou falar de meu reizinho, o Gabriel.
Gabriel é um meninão muito esperto, tão inteligente, comportado, dá gosto de ver a personalidade dele desde tão pequeno, é um protetor, daqueles que arruma um jeitinho de ajudar no que pode, é do tipo que para evitar uma briga faz qualquer coisa lindaaa, certeza que será da turma do ''deixa disso''.
Gabriel ama o irmão, tão evidente sabe?
Cuida do irmão de uma forma tão especial, ama, cuida, protege, sabe que amamos isso dai faz TUDO para nos satisfazer, mas o importante é que essa proteção e cuidado é de coração...
Na verdade, ele é meu ajudante número 1, olha o irmão, vai atrás dele, cuida para não cair para não deixá-lo se machucar, bonito de se ver.
Se acha que estou brigando com Ziel logo diz; Pára mãe, papai não fez nada.
Morro de rir, e de orgulho.
Aprendeu a ler esse ano, e lê tudo que vê pela frente, lindo lindo lindo...
Etapa vencida visto que até o inicio do ano não arriscava a leitura.
O que uma escola BOA não faz para uma criança hein...
Vale um post para falar da escola nova...
Ando cansada, muito trabalho, muita correria, ás vezes não tenho tanta paciência quanto gostaria com ele e o irmão, mas olho para os dois e putz, amo demais para perder tempo.
Ah, o tempo... ele está passando tão rápido, vejo meus meninos tão grandinhos, meu Gabriel tão homem, tão madurozinho, tão esperto, é meu primeiro amor, meu grande amor, minha essência, meu início sempre...
Gabriel meu filho, talvez mamãe precise de mais tempo em casa para acompanhar mais a rotina de vcs dois, mas na verdade mamão trabalha demais para te proporcionar uma vida boa, com as coisas que precisamos, sei que é temporário, logo logo vamos ter mais tempo juntos, mas enquanto isso não acontece, mamãe tenta ser a melhor mãe que vc e seu irmão podem ter...
Amo você, meu rei, minha vida.